Sindicato do Bancários Zona da Mata e Sul de Minas - SINTRAF JF
Facebook e Instagram Facebook dos Bancários Instagram dos Bancários
Imprensa e Notícias

Manifestação em JF pede fim das demissões e do assédio no HSBC

Diretores do Sintraf JF alertaram sobre demissões causadas por condições de trabalho inedaquadas

Na manhã desta segunda-feira (20), os dirigentes do Sintraf realizaram ato público em frente à agência do HSBC na altura do cruzamento da Av. Rio Branco com a Independência. A manifestação ocorreu em resposta às constantes demissões de bancários e a postura de descaso e assédio do banco frente aos trabalhadores, conforme explica o diretor do Sintraf e bancário da instituição Carlos Alberto de Paula (Paulista). “O banco quer passar para a sociedade uma imagem de preocupação com o bem-estar dos funcionários. Mas na verdade o funcionário tem que conviver com a imposição de metas abusivas e com o comprometimento de sua saúde, devido à situação de stress constante na qual trabalham” afirma.

Paulista lembra que todos os anos o banco realiza uma cantata de Natal na cidade de Curitiba. Entretanto, todo o evento é pago com recursos da Lei de Incentivo à Cultura, embora o HSBC declare ser patrocinador. “O Natal que o HSBC gosta de divulgar é um Natal de enganação. O que há na verdade são funcionários que se esforçam o ano inteiro para garantir o lucro sempre alto da instituição e que no final são demitidos”. Só até novembro de 2010, 266 bancários foram dispensados sem justa causa e outros 232 pediram demissão por não suportar as péssimas condições de trabalho impostas.

O diretor também comentou sobre a contratação de funcionários de outras instituições juntamente com sua carteira de clientes, prática efetuada pelo HSBC. “O problema deste tipo de operação é que o funcionário vem para o banco ganhar às vezes o dobro de um bancário que já trabalha há anos na mesma função. Isto mostra como o trabalhador é desvalorizado e pressionado.”

Além do protesto em Juiz de Fora, outras ações acontecem hoje em todo o país pelo Dia Internacional da Luta dos bancários do HSBC.