Sindicato do Bancários Zona da Mata e Sul de Minas - SINTRAF JF
Facebook e Instagram Facebook dos Bancários Instagram dos Bancários
Imprensa e Notícias

Bancos seguem intransigentes e bancários podem entrar em greve a partir do dia 29

Funcionários de todo o país se reúnem em assembléia no dia 28

"Inviável". Assim pode ser resumida a proposta apresentada pela Fenaban aos bancários nesta quarta (22). A palavra é justamente a mesma que os bancos utilizaram para justificar a negativa do índice de 11% de reajuste, mesmo lucrando bilhões no 1º semestre.

Após um mês de negociação, os bancos se negaram a aceitar as propostas expostas pelo Comando Nacional. A Fenaban apresentou somente um reajuste de 4,29%, que significa zero de ganho real.

Outras reivindicações nem chegaram ser discutidas na proposta apresentada pelo banco, como a valorização do piso salarial, PLR, melhores condições de trabalho e preservação da saúde e  o fim das metas abusivas e do assédio moral.

Para o secretário geral do Sintraf JF, Carlos Alberto de Freitas (Nunes), tal posicionamento dos bancos só reafirma a relação desigual que há entre capital e trabalho. “Desde que começamos a campanha sabíamos que não haveria avanço por parte dos bancos. Agora vamos seguir os trâmites legais para podermos entrar em greve e pressionar um acordo justo para os trabalhadores” ressalta.

Nunes lembra que um reajuste no valor reivindicado pelo Comando Nacional não é de forma alguma prejuízo para os banqueiros. “O banco paga o salário dos bancários usando apenas o que arrecada com a cobrança de tarifas. Este reajuste é irrisório para as instituições”. No primeiro semestre deste ano as instituições tiveram um aumento na média de 32% em seus lucros, sendo um dos setores do mercado que mais cresceram no Brasil.


Negociações com BB e Caixa


O Comando Nacional volta a se reunir separadamente nesta quinta-feira (23) com as direções do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, em São Paulo, para discutir as pautas de reivindicações específicas dos dois bancos públicos federais.


Próximas atividades


Uma assembléia está marcada na próxima terça-feira (28), quando bancários de todo o país vão decidir se entram ou não em greve. Em Juiz de Fora, os bancários se reúnem às 18h30 e às 19h, na sede do sindicato.

O secretário geral do Sintraf JF pede para que todos os funcionários e também a população se mobilizem. “Os bancos estão confiantes que os bancários e bancárias não vão aderir à greve. É importante que neste momento todos pensem coletivamente, pois só assim teremos uma proposta concreta e que traga benefícios reais para a categoria” afirma.