Sindicato do Bancários Zona da Mata e Sul de Minas - SINTRAF JF
Facebook e Instagram Facebook dos Bancários Instagram dos Bancários
Imprensa e Notícias

As ruas deram o seu recado

Mobilizações e debates serão intensificados para barrar projetos de morte para a classe trabalhadora

Em todas as capitais, no Distrito Federal e em mais de 300 cidades brasileiras, trabalhadores e trabalhadoras protestaram contra a reforma da Previdência de Jair Bolsonaro (PSL) no dia 14 de junho, dia da greve geral pela aposentadoria, por mais empregos e contra os cortes na educação.

Várias categorias participaram da greve no país. A categoria bancária em Juiz de Fora aprovou em assembleia a adesão ao movimento. Trabalhadores e trabalhadoras da educação também aderiram massivamente à greve geral. Escolas públicas e particulares, universidades e institutos técnicos permaneceram fechados.

Os manifestantes se concentraram em frente à Câmara Municipal de onde saíram em caminhada pela Avenida Barão do Rio Branco até o mergulhão, onde ocuparam todas as pistas da vida. Falas de lideranças, músicas e gritos atentavam a população para a crueldade dos projetos do Governo Bolsonaro, seja para a previdência seja para áreas fundamentais para o desenvolvimento do país como a educação.

O Sindicato dos Bancários participou ativamente da manifestação. Ainda pela manhã, antes da concentração para o ato, os diretores do SINTRAF JF marcaram presença na porta de diversas agências do centro e chamando a atenção de quem passava pela rua para a importância de unirmos nessa luta contra a retirada de direitos.