Sindicato do Bancários Zona da Mata e Sul de Minas - SINTRAF JF
Imprensa e Notícias

NOTA DE ESCLARECIMENTO 10/09/2018

SINTRAF JF em defesa do Estado Democrático de Direitos

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Diante das falsas e infundadas publicações postadas em redes sociais, por pessoas sem o conhecimento mínimo dos fatos apurados pela Polícia Federal - no inquérito que investiga o lamentável atentado contra o presidenciável do Partido Social Liberal (PSL) na última quinta-feira (6) - a Diretoria do Sindicato dos Bancários da Zona da Mata e Sul de Minas vem a público esclarecer que repudia toda e qualquer acusação desprovida de provas contra a diretora de Bancos Públicos, Lívia Gomes Terra, bem como jamais patrocinou, patrocina ou patrocinará quaisquer ações contra o Estado Democrático de Direito.

Repudiamos todos aqueles que se valem das redes sociais para disseminar ódio e intolerância, cometendo crimes cibernéticos, falsas acusações e ameaças com intuito de imputar à diretora do Sindicato, Lívia Gomes Terra, e ao SINTRAF JF participação e/ou responsabilidade no atentado.

A história do Sindicato e de seus diretores sempre esteve vinculada à defesa dos direitos da classe trabalhadora e da categoria bancária. Seu departamento jurídico é composto por advogados comprometidos, unicamente, com a defesa destes interesses, sendo inteiramente descabida a especulação de que os advogados do homem preso pela agressão seriam remunerados por este sindicato.

Reafirmamos nosso compromisso histórico com a defesa do Estado Democrático de Direito, repudiamos qualquer ação violenta e, da mesma forma, toda acusação leviana que ponha em dúvida nossas ações, objetivos e a integridade dos dirigentes dessa entidade.

Informamos que medidas judiciais já estão sendo tomadas para a devida apuração das responsabilidades daqueles que, aproveitando-se desse lamentável acontecimento, tentam acirrar ainda mais as disputas fora das regras democráticas.

Diretoria do SINTRAF JF