Sindicato do Bancários Zona da Mata e Sul de Minas - SINTRAF JF
Facebook e Instagram Facebook dos Bancários Instagram dos Bancários
Imprensa e Notícias

Mulheres contra a Reforma da Previdência

É preciso estar atenta e forte contra retrocessos e qualquer violação de direitos

Mais do que nunca é preciso resistir! Os dias atuais têm sido de muita atenção principalmente para nós mulheres. Somos as principais atingidas pelos projetos fascistas do presidente Bolsonaro, sobretudo as companheiras negras e pobres. Isso porque a proposta quer nos obrigar a trabalhar até os 62 anos tendo no mínimo 20 anos de contribuição ao INSS. Um grande desafio para nós que além de jornadas duplas e triplas, ainda amargamos a maioria dos empregos precarizados e informais. 

Além disso, segundo dados do IBGE de 2015, somando o trabalho remunerado e o trabalho doméstico não remunerado elas trabalham 55,1 horas por semana, enquanto os homens trabalham 50,5.

Temos muitos fatores para mais uma vez ocuparmos as ruas nesse dia e nesse mês e levarmos nosso grito de indignação com as desigualdades, os casos de feminicídios e com os projetos de retirada de direitos do atual governo. Outra denúncia que mulheres farão nas ruas de diversas cidades do Brasil é a falta de desfecho para o assassinato da vereadora do PSOL/RJ Marielle Franco e do motorista Anderson.

Em Juiz de Fora um reunirá mulheres na Praça da Estação às 17 horas. Com arte e política mulheres transmitirão o recado de que estão em luta, que não aceitarão retrocessos e que motivarão toda a classe trabalhadora contra a reforma da Previdência. 

Nossa vida vale mais! Basta de Feminicídio! Tira a mão da previdência!

#ContraaReformadaPrevidência
#ÉpelaVidadasMulheres
#ÉprecisoEstarAtentaeForte